Friday, November 7, 2014

The Palestine Chronicle - How Israel is Turning Gaza into a Super-max Prison



ENGLISH
PORTUGUÊS
The Palestine Chronicle
The Palestine Chronicle
How Israel is Turning Gaza into a Super-max Prison
Como Israel está Transformando Gaza em Prisão de Segurança Máxima
Oct 29 2014 / 12:17 am
29 de outubro de 2014 / 00:17 hs
Photo - Washington and its allies are only too happy to see Hamas and Islamic Jihad deprived of the materials needed to resist Israel’s next onslaught. (Aljazeera/file)
Foto - Washington e seus aliados estão extremamente felizes por verem Hamas e Jihad Islâmica privados dos materiais necessários para resistir ao próximo ataque furioso de Israel. (Aljazeera/file)
By Jonathan Cook – Nazareth
Por Jonathan Cook – Nazaré
It is astonishing that the reconstruction of Gaza, bombed into the Stone Age according to the explicit goals of an Israeli military doctrine known as “Dahiya”, has tentatively only just begun two months after the end of the fighting.
É espantoso que a reconstrução de Gaza, bombardeada até voltar à Idade da Pedra em acordo com os objetivos explícitos de doutrina militar israelense conhecida como “Dahiya”, tenha apenas tentativamente acabado de começar dois meses depois do final dos combates.
According to the United Nations, 100,000 homes have been destroyed or damaged, leaving 600,000 Palestinians – nearly one in three of Gaza’s population – homeless or in urgent need of humanitarian help.
De acordo com as Nações Unidas, 100.000 residências foram destruídas ou danificadas, deixando 600.000 palestinos – praticamente um terço da população de Gaza – sem teto ou precisando urgentemente de ajuda humanitária.
Roads, schools and the electricity plant to power water and sewerage systems are in ruins. The cold and wet of winter are approaching. Aid agency Oxfam warns that at the current rate of progress it may take 50 years to rebuild Gaza.
De ruas, escolas e usina elétrica a sistemas de água e esgoto, tudo está em ruínas. O frio e o úmido do inverno aproximam-se. A agência de ajuda Oxfam adverte que à taxa atual de progresso poderá levar 50 anos para reconstruir Gaza.
Where else in the world apart from the Palestinian territories would the international community stand by idly as so many people suffer – and not from a random act of God but willed by fellow humans?
Em que outra parte do mundo se não nos territórios palestinos a comunidade internacional quedar-se-ia ociosa enquanto tantas pessoas sofrem - e não de ato aleatório de Deus, e sim por desígnio de semelhantes humanos?
The reason for the hold-up is, as ever, Israel’s “security needs”. Gaza can be rebuilt but only to the precise specifications laid down by Israeli officials.
O motivo da lentidão é, como sempre, “necessidades de segurança” de Israel. Gaza poderá ser reconstruída, mas apenas de acordo com as especificações precisas estipuladas pelas autoridades israelenses.
We have been here before. Twelve years ago, Israeli bulldozers rolled into Jenin camp in the West Bank in the midst of the second intifada. Israel had just lost its largest number of soldiers in a single battle as the army struggled through a warren of narrow alleys. In scenes that shocked the world, Israel turned hundreds of homes to rubble.
Já vimos isso antes. Há doze anos, buldôzeres israelenses invadiram o acampamento de Jenin no meio da segunda intifada. Israel tinha acabado de perder seu maior número de soldados em uma única batalha quando o exército forçou passagem por um dédalo de quelhas. Em cenas que chocaram o mundo, Israel transformou centenas de residências em entulho.
With residents living in tents, Israel insisted on the terms of Jenin camp’s rehabilitation. The alleys that assisted the Palestinian resistance in its ambushes had to go. In their place, streets were built wide enough for Israeli tanks to patrol.
Com os residentes morando em tendas, Israel insistiu no tocante aos termos da reabilitação do acampamento de Jenin. As vielas que haviam sido de préstimo para a resistência palestina em suas emboscadas teriam de ir-se. Em lugar delas, foram construídas ruas largas o bastante para permitir patrulha por tanques israelenses.
In short, both the Palestinians’ humanitarian needs and their right in international law to resist their oppressor were sacrificed to satisfy Israel’s desire to make the enforcement of its occupation more efficient.
Em suma, tanto as necessidades humanitárias dos palestinos quanto seu direito, assegurado pela lei internacional, de resistirem a seu opressor foram sacrificados para satisfazer o desejo de Israel de tornar a imposição de sua ocupação mais eficiente.
It is hard not to view the agreement reached in Cairo this month for Gaza’s reconstruction in similar terms.
É difícil não ver o acordo atingido este mês no Cairo referente à resconstrução de Gaza em termos semelhantes.
Donors pledged $5.4 billion – though, based on past experience, much of it won’t materialise. In addition, half will be immediately redirected to the distant West Bank to pay off the Palestinian Authority’s mounting debts. No one in the international community appears to have suggested that Israel, which has asset-stripped both the West Bank and Gaza in different ways, foot the bill.
Doadores prometeram $5,4 biliões de dólares – embora, a basear-nos em experiência passada, grande parte não se virá a materializar. Ademais, metade será imediatamente redirecionada para a distante Margem Oeste para pagamento de crescentes dívidas da Autoridade Palestina. Ninguém na comunidade internacional parece ter sugerido que Israel, que de diferentes maneiras tem destituído de ativos tanto a Margem Oeste quanto Gaza, pague a conta.
The Cairo agreement has been widely welcomed, though the terms on which Gaza will be rebuilt have been only vaguely publicised. Leaks from worried insiders, however, have fleshed out the details.
O acordo do Cairo vem sendo amplamente saudado, embora os termos sob os quais Gaza será reconstruída não tenham sido divulgados claramente. Vazamentos de pessoas de dentro preocupadas, porém, têm revelado os detalhes.
One Israeli analyst has compared the proposed solution to transforming a third-world prison into a modern US super-max incarceration facility. The more civilised exterior will simply obscure its real purpose: not to make life better for the Palestinian inmates, but to offer greater security to the Israeli guards.
Analista israelense comparou a solução proposta a transformar prisão de terceiro mundo em moderna instalação prisional de segurança máxima estadunidense. O exterior mais civilizado simplesmente disfarçará seu real propósito: não o de tornar melhor a vida dos encarcerados palestinos, e sim o de oferecer maior segurança para os guardas israelenses.
Humanitarian concern is being harnessed to allow Israel to streamline an eight-year blockade that has barred many essential items, including those needed to rebuild Gaza after previous assaults.
Preocupações humanitárias estão sendo manietadas para Israel tornar mais eficaz bloqueio de oito anos que tem barrado muitos itens essenciais, inclusive aqueles necessários para reconstruir Gaza depois de agressões anteriores.
The agreement passes nominal control over Gaza’s borders and the transfer of reconstruction materials to the PA and UN in order to bypass and weaken Hamas. But the overseers – and true decision-makers – will be Israel. For example, it will get a veto over who supplies the massive quantities of cement needed. That means much of the donors’ money will end up in the pockets of Israeli cement-makers and middlemen.
O acordo passa controle nominal das fronteiras de Gaza e transferência de materiais de reconstrução para a Autoridade Palestina - PA e para as Nações Unidas - UN a fim de contornar e debilitar o Hamas. O supervisor, contudo – e verdadeiro tomador de decisões – será Israel. Por exemplo, terá direito de veto em relação a quem fornecerá as enormes quantidades de cimento necessárias. Isso significa que muito do dinheiro dos doadores terminará no bolso dos fabricantes de cimento e intermediários israelenses.
But the problem runs deeper than that. The system must satisfy Israel’s desire to know where every bag of cement or steel rod ends up, to prevent Hamas rebuilding its home-made rockets and network of tunnels.
O problema, contudo, vai mais fundo do que isso. O sistema terá de satisfazer o desejo de Israel de saber onde cada saco de cimento ou barra de aço terminará, para evitar que o Hamas reconstrua seus foguetes caseiros e redes de túneis.
The tunnels, and element of surprise they offered, were the reason Israel lost so many soldiers. Without them, Israel will have a freer hand next time it wants to “mow the grass”, as its commanders call Gaza’s repeated destruction.
Os túneis, e o elemento de surpresa que ofereciam, foram o motivo de Israel ter perdido tantos soldados. Sem eles, Israel terá mais liberdade da próxima vez que desejar “podar o gramado”, como seus comandantes chamam a repetida destruição de Gaza.
Last week Israel’s defence minister Moshe Yaalon warned that rebuilding Gaza would be conditioned on Hamas’s good behaviour. Israel wanted to be sure “the funds and equipment are not used for terrorism, therefore we are closely monitoring all of the developments”.
Na semana passada o ministro da defesa de Israel, Moshe Yaalon, advertiu que a reconstrução de Gaza estará condicionada a bom comportamento do Hamas. Israel deseja estar seguro de que “os fundos e o equipamento não serão usados para terrorismo, portanto estamos monitorando de perto todos os desdobramentos”.
The PA and UN will have to submit to a database reviewed by Israel the details of every home that needs rebuilding. Indications are that Israeli drones will watch every move on the ground.
A PA e as UN terão de submeter a uma base de dados revisada por Israel os detalhes de cada residência que precise ser reconstruída. Os indícios são de que aviões não tripulados [drones] observarão cada movimento no solo.
Israel will be able to veto anyone it considers a militant – which means anyone with a connection to Hamas or Islamic Jihad. Presumably, Israel hopes this will dissuade most Palestinians from associating with the resistance movements.
Israel terá poder de vetar qualquer pessoa que considere militante – o que significa qualquer pessoa com conexão com o Hamas ou com a Jihad Islâmica. Presumivelmente, Israel espera que isso dissuada a maioria dos palestinos de associarem-se aos movimentos de resistência.
Further, it is hard not to assume that the supervision system will provide Israel with the GPS co-ordinates of every home in Gaza, and the details of every family, consolidating its control when it next decides to attack. And Israel can hold the whole process to ransom, pulling the plug at any moment.
Ademais, é difícil não assumir que o sistema de supervisão proporcionará a Israel coordenadas de GPS de cada residência em Gaza, e os detalhes de cada família, consolidando seu controle quando decidir atacar da próxima vez. E Israel poderá manter espada de Dâmocles pendendo sobre todo o processo, puxando o plugue a qualquer momento. 
Sadly, the UN – desperate to see relief for Gaza’s families – has agreed to conspire in this new version of the blockade, despite its violating international law and Palestinians’ rights.
Lamentavelmente, as UN – desesperadas para ver alívio para as famílias de Gaza – concordaram em conspirar nessa nova versão do bloqueio, a despeito de ela violar a lei internacional e os direitos dos palestinos.
Washington and its allies, it seems, are only too happy to see Hamas and Islamic Jihad deprived of the materials needed to resist Israel’s next onslaught.
Washington e seus aliados, parece, estão extremamente felizes com ver Hamas e Jihad Islâmica privados dos materiais necessários para resistirem ao próximo ataque violento de Israel.
The New York Times summed up the concern: “What is the point of raising and spending many millions of dollars … to rebuild the Gaza Strip just so it can be destroyed in the next war?”
O New York Times resumiu a preocupação: “Que sentido faz levantar e despender muitos milhões de dólares … para reconstruir a Faixa de Gaza só para ela poder ser destruída na próxima guerra?”
For some donors exasperated by years of sinking money into a bottomless hole, upgrading Gaza to a super-max prison looks like a better return on their investment.
Para alguns doadores exasperados por anos de afundarem dinheiro a fundo perdido, a promoção de Gaza a prisão de segurança máxima parece oferecer melhor retorno para seu investimento.
- Jonathan Cook won the Martha Gellhorn Special Prize for Journalism. His latest books are “Israel and the Clash of Civilisations: Iraq, Iran and the Plan to Remake the Middle East” (Pluto Press) and “Disappearing Palestine: Israel’s Experiments in Human Despair” (Zed Books). He contributed this article to PalestineChronicle.com. Visit his website: www.jonathan-cook.net. (A version of this article first appeared in the National, Abu Dhabi.)
- Jonathan Cook ganhou o Prêmio Especial Martha Gellhorn de Jornalismo. Seus livros mais recentes são “Israel e o Embate de Civilizações: Iraque, Irã e o Plano para Refazer o Oriente Médio” (Pluto Press) e “Palestina em Desaparecimento: Experimentos de Israel em Desespero Humano” (Zed Books). Ele enviou este artigo para publicação em PalestineChronicle.com. Visite o website dele: www.jonathan-cook.net. (Versão deste artigo foi primeiro publicada em O Nacional, Abu Dhabi.)

No comments:

Post a Comment