Friday, August 1, 2014

PAUL CRAIG ROBERTS - Institute for Political Economy / A New Recession and a New World Devoid of Washington’s Arrogance?



ENGLISH
PORTUGUÊS
Institute for Political Economy
Institute for Political Economy
Paul Craig Roberts
Paul Craig Roberts
A New Recession and a New World Devoid of Washington’s Arrogance?
Nova Recessão e Novo Mundo Inteiramente Livre da Arrogância de Washington?
Paul Craig Roberts
Paul Craig Roberts
This article was originally published at PaulCraigRoberts.org and has been posted here with permission.
Este artigo foi originalmente publicado em PaulCraigRoberts.org e está afixado neste blog mediante permissão.
June 25, 2014. A final number for real US GDP growth in the first quarter of 2014 was released today. The number is not the 2.6% growth rate predicted by the know-nothing economists in January of this year. The number is a decline in GDP of -2.9 percent.
25 de junho de 2014. Foi divulgado hoje número final para o crescimento do PIB dos Estados Unidos no primeiro trimestre de 2014. O número não é a taxa de crescimento de 2,6% predita pelos economistas de araque em janeiro deste ano. O número é declínio do PIB de -2.9 por cento.
The negative growth rate of -2.9 percent is itself an understatement. This number was achieved by deflating nominal GDP with an understated measure of inflation. During the Clinton regime, the Boskin Commission rigged the inflation measure in order to cheat Social Security recipients out of their cost-of-living adjustments. Anyone who purchases food, fuel, or anything knows that inflation is much higher than the officially reported number.
O crescimento negativo de -2.9 é, ele próprio, uma atenuação. Esse número foi obtido mediante deflação do PIB nominal por meio de mensuração subestimada de inflação. No decurso do regime Clinton, a Comissão Boskin viciou a mensuração da inflação a fim de tapear os recebedores da Previdência Social para que não recebessem integralmente seus reajustes de acordo com a alta do custo de vida. Qualquer pessoa que compre alimentos, combustível ou qualquer outra coisa sabe que a inflação é muito mais alta do que o número divulgado oficialmente.
It is possible that the drop in first quarter real GDP is three times the official number.
É possivel que a queda do PIB real no primeiro trimestre seja três vezes o número oficial.
Regardless, the difference is large between the January forecast of +2.6 percent growth and the decline as of the end of March of -2.9 percent.
Independentemente disso, é grande a diferença entre a previsão de crescimento de +2,6 por cento e o declínio, a partir do fim de março, de -2.9 por cento.
Any economist who is real and unpaid by Wall Street, the government, or the Establishment knew that the +2.6 percent forecast was a crock. Americans’ incomes have not grown except for the one percent, and the only credit growth is in student loans, as those many who cannot find jobs mistakenly turn to “education is the answer.” In an economy based on consumer demand, the absence of income and credit growth means no economic growth.
Qualquer economista de verdade não pago por Wall Street, pelo governo, ou pelo Establishment sabia que a previsão de +2,6 por cento era uma piada. A renda dos estadunidenses só aumentou um por cento, e o único aumento de crédito ocorreu nos empréstimos a estudantes, pois os muitos que não conseguem emprego equivocadamente voltam-se para “a instrução é a saída.” Em economia baseada em demanda do consumidor, a ausência de aumento de renda e de crédito significa ausência de crescimento econômico.
The US economy cannot grow because corporations pushed by Wall Street have moved the US economy offshore. US manufactured products are made offshore. Look at the labels on your clothes, your shoes, your eating and cooking utensils, your computers, whatever. US professional jobs such as software engineering have been moved offshore. An economy with an offshored economy is not an economy. All of this happened in full view, while well-paid free market shills declared that Americans were benefiting from giving America’s middle class jobs to China and India.
A economia dos Estados Unidos não pode crescer porque corporações impelidas por Wall Street mudaram a economia dos Estados Unidos para o exterior. Produtos manufaturados dos Estados Unidos são fabricados no exterior. Olhem as etiquetas de suas roupas, de seus sapatos, de seus utensílios de comida e de cozinha, de seus computadores, o que for. Os empregos profissionais dos Estados Unidos tais como engenharia de software foram mudados para o exterior. Uma economia com economia externalizada não é economia. Tudo isso aconteceu às escâncaras, enquanto bem-pagos promotores do livre mercado declaravam que os estadunidenses estavam-se beneficiando ao dar a China e Índia os empregos da classe média dos Estados Unidos.
I have been exposing these lies for a decade or two, which is why I am no longer invited to speak at American universities or to American economic associations. Economists love the money that they receive for lying. A truth teller is the last thing that they want in their midst.
Venho expondo essas mentiras há uma década ou duas, e eis porque não mais sou convidado para falar em universidades estadunidenses ou em associações econômicas estadunidenses. Os economistas adoram o dinheiro que recebem para mentir. Pessoa que fala a verdade é a última coisa que eles querem em seu meio.
An official decline of -2.9 percent in the first quarter implies a second quarter GDP decline. Two declines in a row is the definition of recession.
Declínio oficial de -2.9 por cento no primeiro trimestre implica declínio no PIB do segundo trimestre. Dois declínios sucessivos são a definição de recessão.
Imagine the consequences of a recession. It means that years of unprecedented Quantitative Easing failed to revive the economy. It means that years of Keynesian fiscal deficits failed to revive the economy. Neither fiscal nor monetary policy worked. What then can revive the economy?
Imaginemos as consequências de uma recessão. Significa que anos de Quantitative Easing [aumento da quantidade de dinheiro em circulação na economia, N.do T] falharam em reativar a economia. Significa que anos de déficits fiscais keynesianos falharam em reativar a economia. Nem a política fiscal nem a monetária funcionaram. O que, então, poderá reativar a economia?
Nothing except to force the return of the economy that the anti-American corporations moved offshore.
Nada, exceto forçar o retorno da economia que as corporações antiestadunidenses mudaram para fora do país.
This would require credible government. Unfortunately, the US government has been losing credibility since the second term of the Clinton regime. It has none left.
Isso requereria governo fidedigno. Infelizmente, o governo dos Estados Unidos vem perdendo credibilidade desde o segundo mandato do regime Clinton. Não lhe resta nenhuma.
Today no one anywhere in the world believes the US government except the brain dead Americans who read and listen to the “mainstream media.” Washington’s propaganda dominates the minds of Americans, but produces laughter and scorn everywhere else.
Hoje ninguém, em qualquer lugar do mundo, acredita no governo dos Estados Unidos, exceto os estadunidenses mentecaptos que leem e ouvem da  “mídia convencional.” A propaganda de Washington domina as mentes dos estadunidenses, mas produz risadas e escárnio em todos os outros lugares.
The poor US economic outlook has brought America’s two largest business lobbies–the US Chamber of Commerce and the National Association of Manufacturers (or what is left of them) into conflict with the Obama regime’s threat of further sanctions against Russia.
As perspectivas econômicas ruins dos Estados Unidos levaram os maiores lobbies de negócios do país – a Câmara de Comércio dos Estados Unidos e a
Associação Nacional da Indústria (ou o que restou deles) a conflito com a ameaça do regime Obama de sanções adicionais contra a Rússia.
According to Bloomberg News, beginning tomorrow (June 26), the business groups will run advertisements in the New York Times, Wall St Journal, and Washington Post opposing any further sanctions on Russia. The US business organizations say that the sanctions will harm their profits and result in layoffs of American workers.
De acordo com Bloomberg News, a partir de amanhã (26 de junho) os grupos empresariais publicarão anúncios em New York Times, Wall St Journal, e Washington Post opondo-se a quaisquer sanções adicionais contra a Rússia. As organizações de negócios dos Estados Unidos dizem que as sanções prejudicarão seus lucros e resultarão em demissões de trabalhadores estadunidenses.
Thus, America’s two largest business organizations, important sources of political campaign contributions, have finally added their voice to the voices of German, French, and Italian business.
Assim, pois, as duas maiores organizações empresariais dos Estados Unidos, importantes fontes de contribuições para campanhas políticas, finalmente somaram sua voz às vozes das empresas alemãs, francesas e italianas.
Everyone, except the brainwashed American public, knows that the “crisis in Ukraine” is entirely the work of Washington. European and American businesses are asking: “why should our profits and our workers take hits in behalf of Washington’s propaganda against Russia.”
Todo mundo, exceto o público estadunidense de cérebro submetido a lavagem, sabe que a “crise na Ucrânia” é inteiramente obra de Washington. Empresas europeias e estadunidenses estão perguntando: “por que deveriam nossos lucros e nossos funcionários levar na cabeça em benefício da propaganda de Washington contra a Rússia?”
Obama has no answer. Perhaps his neocon scum, Victoria Nuland, Samantha Powers, and Susan Rice can come up with an answer. Obama can look to the New York Times, Washington Post, Wall Street Journal, and Weekly Standard to explain why millions of Americans and Europeans should suffer in order that Washington’s theft of Ukraine is not endangered.
Obama não tem resposta. Talvez a escória neoconservadora dele, Victoria Nuland, Samantha Powers e Susan Rice possam surgir com alguma resposta. Obama pode recorrer a New York Times, Washington Post, Wall Street Journal e Weekly Standard para explicar por que milhões de estadunidenses e europeus devem sofrer a fim de que o roubo da Ucrânia por Washington não seja posto em risco.
Washington’s lies are catching up with Obama. German chancellor Merkel is Washington’s complete whore, but German industry is telling Washington’s whore that they value their business with Russia more than they value suffering in behalf of Washington’s empire. French businessmen are asking Hollande what he proposes to do with their unemployed workers if Holland goes along with Washington. Italian businesses are reminding that government, to the extent that Italy has one, that uncouth Americans have no tastes and that sanctions on Russia mean a hit to Italy’s most famous and best recognized economic sector–high style luxury products.
As mentiras de Washington estão começando a prejudicar Obama. A chanceler alemã Merkel é puta completa de Washington, mas a indústria alemã está dizendo à puta de Washington que preza seus negócios com a Rússia mais do que preza sofrer em benefício do império de Washington. Os empresários franceses estão perguntando a Hollande o que ele propõe fazer com seus trabalhadores desempregados se Holland agir conforme Washington quer. As empresas italianas estão lembrando o governo do país, tanto quanto a Itália tenha governo, que os estadunidenses sem refinamento não têm gosto e que as sanções contra a Rússia significam um golpe no setor econômico mais famoso e reconhecido da Itália - produtos de luxo de alto estilo.
Dissent with Washington and Washington’s two-bit puppet rulers in Europe is spreading. The latest poll in Germany reveals that three-quarters of Germany’s population reject permanent NATO bases in Poland and the Baltic states. The former Czechoslovakia, currently Slovakia and the Czech Republic, although NATO members, have rejected NATO and American troops and bases on their territory. Recently, the Polish foreign minister said that pleasing Washington required giving free oral sex for nothing in return.
Está-se disseminando dissidência em relação aos governantes títeres de meia pataca de Washington na Europa. A última pesquisa na Alemanha revela que três quartos da população da Alemanha rejeita bases permanentes da OTAN na Polônia e nos estados bálticos. A ex-Tchecoslováquia, atualmente Eslováquia e República Tcheca, embora membros da OTAN, vêm de rejeitar tropas e bases estadunidenses em seu território. Recentemente, o ministro do exterior da Polônia disse que agradar Washington requeria fazer sexo oral de graça sem receber nada em troca. 
The strains that Washington’s morons are putting on NATO might break the organization apart. Pray that it does. NATO’s excuse for existence disappeared with the Soviet collapse 23 years ago. Yet, Washington has increased NATO far beyond the borders of the North Atlantic Treaty Organization. NATO now runs from the Baltics to Central Asia. In order to have a reason for NATO’s continued expensive operation, Washington has had to construct an enemy out of Russia.
As exigências excessivas que os imbecis de Washington estão impondo à OTAN poderão esfrangalhar a organização. Rezemos para que isso aconteça. A desculpa da OTAN para existir desapareceu com o colapso soviético, há 23 anos. Não obstante, Washington expandiu a OTAN para muito além dos limites da Organização do Tratado do Atlântico Norte. Agora a OTAN opera do Báltico à Ásia Central. Afim de ter motivo para o contínuo funcionamento dispendioso da OTAN, Washington tem tido de urdir inimizade com a Rússia. 
Russia has no intention of being Washington’s or NATO’s enemy and has made that perfectly clear. But Washington’s military/security complex, which absorbs about $1 trillion annually of US hard-pressed taxpayers’ money, needs an excuse to keep the profits flowing.
A Rússia não tem intenção de ser inimiga de Washington ou da OTAN e já deixou isso perfeitamente claro. O complexo militar/de segurança de Washington, porém, que absorve cerca de $1 trilião de dólares anualmente de dinheiro do já muito onerado contribuinte estadunidense, precisa de pretexto para manter os lucros fluindo.
Unfortunately the Washington morons picked a dangerous enemy. Russia is a nuclear armed power, a country of vast dimensions, and with a strategic alliance with China.
Infelizmente os descerebrados de
Washington escolheram inimigo perigoso. A Rússia é potência armada nuclear, país de vastas dimensões, e com aliança estratégica com a China.
Only a government drowning in arrogance and hubris or a government run by psychopaths and sociopaths would pick such an enemy.
Apenas governo que se afoga em arrogância e soberba ou governo dirigido por psicopatas e sociopatas escolheriam inimigo desse tipo.
Russia’s President Vladimir Putin has pointed out to Europe that Washington’s policies in the Middle East and Libya are not merely total failures but also devastatingly harmful to Europe and Russia. The fools in Washington have removed the governments that suppressed the jihadists. Now the violent jihadists are unleashed. In the Middle East the jihadists are at work remaking the artificial boundaries set by the British and French in the aftermath of World War I.
O Presidente Vladimir Putin, da Rússia, já enfatizou para a Europa que as políticas de Washington no Oriente Médio e na Líbia não são apenas fracassos totais mas, também, devastadoramente prejudiciais para a Europa e para a Rússia. Os idiotas de Washington tiraram do poder governos que reprimiam os jihadistas. Agora os jihadistas violentos estão sem brida. No Oriente Médio os jihadistas estão em ação refazendo as fronteiras artificiais criadas pelos britânicos e franceses na esteira da Primeira Guerra Mundial.
Europe, Russia and China have Muslim populations and now must worry if the violence that Washington has unleashed will bring destabilization to regions of Europe, Russia and China.
Europa, Rússia e China têm populações muçulmanas e agora têm que se preocupar com se a violência que Washington desembestou trará desestabilização a regiões de Europa, Rússia e China. 
No one anywhere in the world has any reason to love Washington. Least of all Americans, who are being bled dry in order that Washington can parade military force around the world. Obama’s approval rating is a dismal 41 percent and no one wants Obama to remain in office once his second term is complete. In contrast, two-thirds of the Russian population want Putin to remain president after 2018.
Ninguém em parte alguma do mundo tem qualquer motivo para gostar de Washington. Menos que todo mundo mais, os estadunidenses, que estão tendo seus recursos drenados até a última gota para que Washington possa exibir força militar em todo o mundo. O índice de aprovação de Obama atinge descoroçoadores 41 por cento e ninguém quer que Obama continue no cargo depois que seu segundo mandato terminar. Em contraste, dois terços da população russa desejam que Putin continue presidente depois de 2018.
In March the poling agency, Public Opinion Research Center, released a report that Putin’s approval rating stood at 76 percent despite the agitation against him by the US financed Russian NGOs, hundreds of fifth column institutions that Washington established in Russia during the past two decades.
Em março a agência de pesquisa Centro de Pesquisa de Opinião Pública divulgou relatório segundo o qual o índice de aprovação de Putin permaneceu em 76 por cento a despeito da agitação contra ele pelas ONG russas financiadas pelos Estados Unidos, centenas de instituições quintas-colunas que Washington criou na Rússia no decurso das últimas duas décadas.
On top of US political troubles, the US dollar is in trouble. The dollar is kept afloat by rigged financial markets and Washington’s pressure on its vassal states to support the dollar’s value by printing their own currencies and purchasing dollars. In order to keep the dollar afloat, much of the world will be inflated. When people finally catch on and rush into gold, the Chinese will have it all.
Por cima dos problemas políticos dos Estados Unidos, o dólar estadunidense está com problemas. O dólar é mantido à tona por meio de mercados financeiros viciados e da pressão de Washington sobre seus estados vassalos para manterem o valor do dólar mediante imprimirem suas próprias moedas e comprarem dólares. Para manter o dólar à tona, grande parte do mundo sofrerá inflação. Quando as pessoas finalmente perceberem e correrem para o ouro, os Chineses estarão de posse de todo o ouro disponível. 
Sergey Glazyev, an adviser to President Putin, has told the Russian president than only an anti-dollar alliance that crashes the US dollar can halt Washington’s aggression. That has long been my opinion. There can be no peace as long as Washington can print more money with which to finance more wars.
Sergey Glazyev, assessor do Presidente Putin, disse ao presidente russo que apenas uma aliança antidólar que faça despencar o dólar estadunidense poderá deter a agressão de Washington. Essa é minha opinião há muito tempo. Não poderá haver paz enquanto Washington puder imprimir mais dinheiro com o qual financiar mais guerras. 


As the Chinese government stated, it is time to “de-Americanize the world.” Washington’s leadership has totally failed the world, producing nothing but lies, violence, death, and the promise of more violence. America is exceptional only in the fact that Washington has, without remorse, destroyed in whole or part seven countries in the new 21st century. Unless Washington is replaced with more humane leadership, life on earth has no future.
Como o governo chinês declarou, é hora de “desestadunidar o mundo.” A liderança de Washington decepcionou totalmente o mundo, nada produzindo além de mentiras, violência, morte e promessa de mais violência. Os Estados Unidos só são excepcionais pelo fato de Washington ter, sem remorso, destruído no todo ou parte sete países no novo século 21. A menos que Washington tenha substituída sua liderança por outra mais humana, a vida sobre a Terra não terá qualquer futuro.
About Dr. Paul Craig Roberts
Acerca do Dr. Paul Craig Roberts
Paul Craig Roberts was Assistant Secretary of the Treasury for Economic Policy and associate editor of the Wall Street Journal. He was columnist for Business Week, Scripps Howard News Service, and Creators Syndicate. He has had many university appointments. His internet columns have attracted a worldwide following. Robert’s latest books are The Failure of Laissez Faire Capitalism and Economic Dissolution of the West e How America Was Lost.
Paul Craig Roberts foi Secretário Assistente do Tesouro para Política Econômica e editor associado do Wall Street Journal. Foi colunista da Business Week, do Scripps Howard News Service, e do Creators Syndicate. Ocupou muitos cargos em universidades. Suas colunas na internet têm atraído leitores do mundo inteiro. Os livros mais recentes de Roberts são  O Fracasso do Capitalismo de Laissez Faire e a Dissolução Econômica do Ocidente e Como os Estados Unidos foram perdidos.


No comments:

Post a Comment