Tuesday, June 24, 2014

The Blog from Nazareth - Israel’s medieval ban on intermarriage


ENGLISH
PORTUGUÊS
Jonathan Cook – The Blog from Nazareth
Jonathan Cook – O Blog de Nazaré
Israel’s medieval ban on intermarriage
A proibição medieval de Israel de casamentos mistos
3 June 2014
3 de junho de 2014
Infographic:
Infográfico:
Here is a simple infographic (possibly behind the Haaretz paywall) setting out how Israel has engineered a series of hurdles to prevent intermarriage, especially between Jews and non-Jews.
Eis aqui infográfico simples (possivelmente só acessível a assinantes do Haaretz) mostrando como Israel engendrou uma série de obstáculos para impedir casamentos mistos, especialmente entre judeus e não judeus.
There are no civil institutions in Israel dealing with marriage (and many other personal status issues), meaning that only hardline Orthodox rabbis get to determine who marries a “real Jew”.
Não há, em Israel, instituições civis que lidem com casamento (e muitas outras questões de cunho pessoal), o que significa que apenas rabinos ortodoxos da linha dura determinam quem se casa com um “judeu verdadeiro”.
Israel dresses this up as an attempt to protect religious tradition, but actually it’s religious coercion designed to prevent assimilation – the greatest threat to Zionism, Israel’s state ideology.
Israel apresenta esse fato como tentativa de proteger a tradição religiosa mas, na verdade, trata-se de coerção religiosa concebida para impedir assimilação – a maior das ameaças ao sionismo, a ideologia de estado de Israel.
So this kind of medieval enforcement of segregation according to sect, tribe or race (depending on how you look at it) is actually required by the very nature of a Jewish state – sorry, I meant Jewish and democratic state.
Assim, essa modalidade de imposição medieval de segregação de acordo com seita, tribo ou raça (dependendo de como você veja a questão) é em verdade tornada indispensável pela própria natureza de um estado judeu – perdão, quero dizer de um estado judeu e democrático.

No comments:

Post a Comment