Tuesday, October 22, 2013

The Anti-Empire Report - The latest step in the evolution of America’s Police State



English
Português
Official website of the author, historian, and U.S. foreign policy critic.
Website oficial do autor, historiador e crítico da política externa dos Estados Unidos.
The Anti-Empire Report #121
O Relatório Anti-Império No. 121
By William Blum – Published October 7th, 2013
Por William Blum – Publicado em 7 de outubro de 2013
The latest step in the evolution of America’s Police State
O mais recente passo na evolução do estado policial estadunidense
“If you’ve got nothing to hide, you’ve got nothing to fear.”
“Quem não tem nada a esconder, não tem nada a temer.”
So say many Americans. And many Germans as well.
Assim dizem muitos estadunidenses. E muitos alemães, também.
But one German, Ilija Trojanow, would disagree. He has lent his name to published documents denouncing the National Security Agency (NSA), and was one of several prominent German authors who signed a letter to Chancellor Angela Merkel urging her to take a firm stance against the mass online surveillance conducted by the NSA. Trojanow and the other authors had nothing to hide, which is why the letter was published for the public to read. What happened after that, however, was that Trojanow was refused permission to board a flight from Salvador da Bahia, Brazil, to Miami on Monday, September 30. Without any explanation.
Um alemão, entanto, Ilija Trojanow, discordaria. Ele emprestou seu nome a documentos publicados denunciando a Agência de Segurança Nacional (NSA), e foi um dos preeminentes autores alemães que assinaram carta à Chanceler Angela Merkel urgindo-a a tomar posição firme contrária à escuta maciça conduzida pela NSA. Trojanow e os outros autores nada tinham a esconder, e por isso a carta foi publicada para o público ler. O que aconteceu depois disso, porém, foi ter sido recusada a Trojanow permissão para embarcar em voo de Salvador, na Bahia, Brasil, para Miami na segunda-feira, 30 de setembro. Sem qualquer explicação.
Trojanow, who was on his way to speak at a literary conference in Denver, told the Spiegel magazine online website that the denial of entry might be linked to his criticism of the NSA. Germany’s Foreign Ministry says it has contacted US authorities “to resolve this issue”. 10
Trojanow, que estava a caminho para falar numa conferência literária em Denver, disse ao site online da revista Spiegel que a negativa de embarque poderia estar ligada a suas críticas à NSA. O Ministério do Exterior da Alemanha diz ter entrado em contato com as autoridades dos Estados Unidos “para resolver essa questão”. 10
In an article published in a German newspaper, Trojanow voiced his frustration with the incident: “It is more than ironic if an author who raises his voice against the dangers of surveillance and the secret state within a state for years, will be denied entry into the ‘land of the brave and the free’.” 11
Em artigo publicado em jornal alemão, Trojanow expressou sua frustração com o incidente: “É mais do que irônico um autor que levanta sua voz contra os perigos da escuta, e do estado secreto dentro do estado durante anos, tenha negada sua entrada na ‘terra dos bravos e dos livres.’” 11
Further irony can be found in the title of a book by Trojanow: “Attack on freedom. Obsession with security, the surveillance state and the dismantling of civil rights.”
Ironia adicional pode ser encontrada no título de um livro de Trojanow: “Ataque à liberdade. Obsessão com segurança, o estado da escuta e o colapso dos direitos civis.”
Director of National Intelligence James R. Clapper Jr., who oversees the NSA and other intelligence agencies, said recently that the intelligence community “is only interested in communication related to valid foreign intelligence and counterintelligence purposes.” 12
O Diretor de Inteligência Nacional James R. Clapper Jr., que supervisa a NSA e outras agências de inteligência, disse recentemente que a comunidade de inteligência “só está interessada em comunicação relacionada com propósitos de inteligência e contrainteligência estrangeiras válidas.” 12
It’s difficult in the extreme to see how this criterion would apply in any way to Ilija Trojanow.
É extremamente difícil ver como esse critério se aplicaria, sob qualquer aspecto, a Ilija Trojanow.
The story is a poignant caveat on how fragile is Americans’ freedom to criticize their Security State. If a foreigner can be barred from boarding a flight merely for peaceful, intellectual criticism of America’s Big Brother (nay, Giant Brother), who amongst us does not need to pay careful attention to anything they say or write.
A história é pungente caveat [advertência] acerca do quanto é frágil a liberdade dos estadunidenses para criticar seu Estado de Segurança. Se um estrangeiro pode ser proibido de embarcar num voo meramente por causa de crítica pacífica, intelectual, do Grande Irmão estadunidense (na verdade, o Irmão Gigante), quem, dentre nós outros, não precisará prestar cuidadosa atenção a qualquer coisa digamos ou escrevamos.
Very few Americans, however, will even be aware of this story. A thorough search of the Lexis-Nexis media database revealed a single mention in an American daily newspaper (The St. Louis Post-Dispatch), out of 1400 daily papers in the US. No mention on any broadcast media. A single one-time mention in a news agency (Associated Press), and one mention in a foreign English-language newspaper (New Zealand Herald).
Muito poucos estadunidenses, contudo, sequer saberão algum dia desse caso. Abrangente pesquisa da base de dados Lexis-Nexis revela uma única menção dele num jornal diário estadunidense (o St. Louis Post-Dispatch), dentre 1400 jornais diários dos Estados Unidos. Nenhuma menção em qualquer mídia de rádio ou TV. Uma única menção uma única vez numa agência de notícias (Associated Press), e uma única menção num jornal estrangeiro em língua inglesa (New Zealand Herald).
Notes
Notas
10. Associated Press, October 2, 2013
11. Huffington Post, “Ilija Trojanow, German Writer, Banned From US For Criticizing NSA”, October 1, 2013
12. Washington Post, October 5, 2013

No comments:

Post a Comment