Wednesday, August 1, 2012

Americas South and North - Brazilian Visa Rules Changing?

ENGLISH
PORTUGUÊS
Americas South and North
Américas Sul e Norte
A Look at History and Issues from Tierra del Fuego to the Arctic
Olhar Voltado para História e Questões da Terra do Fogo ao Ártico
Brazilian Visa Rules Changing?
Mudança nas Regras de Vistos em relação ao Brasil?
July 31, 2012
31 de julho de 2012
As a Brazilianist who has to travel to Brazil periodically, allow me to (semi-selfishly) be the first to say this is encouraging:
Como brasilianista que tem de viajar periodicamente para o Brasil, permitam-me (um pouco egoisticamente) ser o primeiro a dizer que isto é encorajador:
During U.S. Secretary for Homeland Security Janet Napolitano’s visit to Brasilia earlier this month, she and Brazilian Foreign Minister Antonio Patriota agreed to set up a working group to study the elimination of visa requirements for travelers from the two countries. The first meeting of the group is expected in November.
Durante a visita a Brasília da Secretária de Segurança do País dos Estados Unidos, Janet Napolitano, mais cedo este mês, ela e o Ministro do Exterior brasileiro Antônio Patriota concordaram em criar um grupo de trabalho para estudar a eliminação de exigências de visto para viajantes de ambos os países. Espera-se que a primeira reunião do grupo ocorra em novembro.
“The push for a Brazil visa waiver is picking up steam. The signs are very good,’’ said Talbert. “Miami’s business community has been behind this for several years. We’re all talking about the jobs — and even more jobs would come with more Brazilian visitors.’’
“O esforço para dispensa de visto em relação ao Brasil está ganhando fôlego. Os sinais são muito bons,’’ disse Talbert. “A comunidade de negócios de Miami vem apoiando isso há diversos anos. Estamos todos falando a respeito dos empregos — e ainda mais empregos virão com mais visitantes brasileiros.’’
The restrictions on Brazilians traveling to the United States really increased in the wake of 9/11, as the U.S. used the terrorist attacks to basically make life far more difficult for people from a number of Latin American countries to travel to the United States. Given the complete unattachment of Latin America to 9/11 in any way, shape, or form, it resembled at best one of the stupider policies after 9/11, and at worst, one of the more uselessly and baselessly xenophobic policies (last I checked, Brazil had nothing to do with the attacks in New York, Washington DC, or Pennsylvania).
As restrições a viagens de brasileiros para os Estados Unidos realmente aumentaram na esteira do 11/9, visto que os Estados Unidos usaram os ataques terroristas para basicamente tornarem a vida muito mais difícil para as pessoas de diversos países latino-americanos no tocante a viagens para os Estados Unidos. Dada a completa não participação da América Latina no 11/9 de qualquer maneira, sob qualquer aspecto ou forma, essa pareceu ter sido, na melhor das hipóteses, uma das mais estúpidas políticas depois do 11/9 e, na pior, uma das mais inúteis e sem base políticas xenofóbicas (até a última vez em que verifiquei, o Brasil nada teve a ver com os ataques em New York, Washington DC, ou Pennsylvania).
sobFortunately, Brazil has a system of reciprocity, meaning that whatever policies other countries require for Brazilian citizens, Brazil will require those policies for those countries’ citizens. In this case, Brazil countered by requiring U.S. citizens acquire a (not-necessarily cheap) travel visa to go to Brazil. That still didn’t make things entirely equal – the rigamarole Brazilians had to endure to obtain a travel visa to the U.S. was still more difficult than U.S. citizens who wanted a travel visa for Brazil – but it at least made completely transparent just how foolish and unnecessary the travel restrictions on Brazilians were. If the US removes those restrictions, it stands to reason under the policy of reciprocity that Brazil will respond in kind, and people who want to travel to Brazil may have greater ease going forward. And, as I’ve explained before, allowing Brazilians to travel to the US more easily can only be good for the US economy. It’s good to see a presidential administration taking a sane approach on this matter after more than a decade of foolishness.
Felizmente, o Brasil tem um sistema de reciprocidade, o que significa que quaisquer políticas que outros países apliquem a cidadãos brasileiros, o Brasil aplicará políticas idênticas a cidadãos desses países. No presente caso, o Brasil contrapôs-se exigindo que cidadãos dos Estados Unidos obtivessem um (não necessariamente barato) visto de viagem para irem ao Brasil. Isso ainda não tornou as coisas inteiramente iguais – a burocracia que os brasileiros tiveram de aguentar para obter visto de viagem para os Estados Unidos foi ainda mais espinhosa do que a dos cidadãos estadunidenses que desejavam visto para o Brasil – mas pelo menos deixou completamente visível o quanto eram insensatas e desnecessárias as restrições de viagem impostas aos brasileiros. Se os Estados Unidos removerem essas restrições, obviamente o Brasil responderá de maneira semelhante, e as pessoas que desejarem viajar para o Brasil poderão fazê-lo de modo mais descomplicado. E, como expliquei antes, permitir aos brasileiros viajarem mais facilmente para os Estados Unidos só poderá ser bom para a economia dos Estados Unidos. É bom ver uma administração presidencial assumir abordagem sã no tocante a esse assunto depois de mais de uma década de insensatez.

No comments:

Post a Comment