Saturday, June 9, 2012

Information Clearing House - Collapse at Hand

http://www.informationclearinghouse.info/article31507.htm
ENGLISH
PORTUGUÊS
Information Clearing House
Câmara de Compensação da Informação
Collapse at Hand
Colapso à Vista
By Paul Craig Roberts
Por Paul Craig Roberts
June 05, 2012 "Information Clearing House" -- -Ever since the beginning of the financial crisis and quantitative easing, the question has been before us: How can the Federal Reserve maintain zero interest rates for banks and negative real interest rates for savers and bond holders when the US government is adding $1.5 trillion to the national debt every year via its budget deficits? Not long ago the Fed announced that it was going to continue this policy for another 2 or 3 years. Indeed, the Fed is locked into the policy. Without the artificially low interest rates, the debt service on the national debt would be so large that it would raise questions about the US Treasury’s credit rating and the viability of the dollar, and the trillions of dollars in Interest Rate Swaps and other derivatives would come unglued.
5 de junho de 2012 "Information Clearing House" -- -Desde o começo da crise financeira e da flexibilização quantitativa a pergunta tem-se postado diante de nós: Como é possível a Reserva Federal manter taxas de juros zero para os bancos e taxas de juros negativas para poupadores e detentores de títulos enquanto o governo dos Estados Unidos acrescenta, anualmente, $1,5 trilião de dólares à dívida nacional por meio de seus déficits orçamentários? Há não muito tempo o Fed anunciou que daria continuidade a essa política por mais 2 ou 3 anos. Na verdade, o Fed está aprisionado por essa política. Sem as taxas de juros artificialmente baixas, o serviço da dívida nacional seria tão grande que suscitaria perguntas acerca da classificação de crédito do Tesouro dos Estados Unidos e a viabilidade do dólar, e os triliões de dólares em Swaps de Taxas de Juros e outros derivativos se desestruturariam.
In other words, financial deregulation leading to Wall Street’s gambles, the US government’s decision to bail out the banks and to keep them afloat, and the Federal Reserve’s zero interest rate policy have put the economic future of the US and its currency in an untenable and dangerous position. It will not be possible to continue to flood the bond markets with $1.5 trillion in new issues each year when the interest rate on the bonds is less than the rate of inflation. Everyone who purchases a Treasury bond is purchasing a depreciating asset. Moreover, the capital risk of investing in Treasuries is very high. The low interest rate means that the price paid for the bond is very high. A rise in interest rates, which must come sooner or later, will collapse the price of the bonds and inflict capital losses on bond holders, both domestic and foreign.
Em outras palavras, a desregulamentação financeira conducente ao aventureirismo de Wall Street, a decisão do governo dos Estados Unidos de socorrer financeiramente os bancos e mantê-los à tona, e a poílítica de taxas de juros zero da Reserva Federal colocaram o futuro econômico dos Estados Unidos e de sua moeda numa posição insustentável e perigosa. Não será possível continuar a inundar o mercado de títulos com $1,5 trilião de novas emissões cada ano quando a taxa de juros incidente sobre os títulos seja inferior à taxa de inflação. Toda pessoa que compre um título do Tesouro está comprando um ativo em depreciação. Além disso, o risco de capital de investir nos títulos do Tesouro é muito alto. A taxa de juros baixa significa que o preço pago pelo título é muito alto. Elevção das taxas de juros, que terá de acontecer mais cedo ou mais tarde, fará despencar o preço dos títulos e infligirá prejuízos de capital aos detentores de títulos, tanto domésticos quanto estrangeiros.
The question is: when is sooner or later? The purpose of this article is to examine that question.
A pergunta é: quando, mais cedo ou mais tarde? O objetivo deste artigo é examinar essa pergunta.
Let us begin by answering the question: how has such an untenable policy managed to last this long?
Principiemos respondendo à pergunta: como política tão insustentável tem conseguido durar tanto?
A number of factors are contributing to the stability of the dollar and the bond market. A very important factor is the situation in Europe. There are real problems there as well, and the financial press keeps our focus on Greece, Europe, and the euro. Will Greece exit the European Union or be kicked out? Will the sovereign debt problem spread to Spain, Italy, and essentially everywhere except for Germany and the Netherlands?
Diversos fatores estão contribuindo para a estabilidade do dólar e do mercado de títulos. Fator muito importante é a situação na Europa. Há problemas reais lá também, e a imprensa financeira mantém nosso foco em Grécia, Europa e euro. Deixará a Grécia a União Europeia, ou será expulsa? A dívida soberana estender-se-á para Espanha, Itália e essencialmente todo lugar, exceto Alemanha e Holanda?
Will it be the end of the EU and the euro? These are all very dramatic questions that keep focus off the American situation, which is probably even worse.
Será o fim da União Europeia e do euro? São todas perguntas muito dramáticas que mantêm nosso foco afastado da situação estadunidense, a qual é provavelmente ainda pior.
The Treasury bond market is also helped by the fear individual investors have of the equity market, which has been turned into a gambling casino by high-frequency trading.
O mercado de títulos do Tesouro é favorecido também pelo medo que os investidores individuais têm do mercado de ações, o qual foi transformado, pelas negociações de alta frequência, num cassino de jogos de azar.
High-frequency trading is electronic trading based on mathematical models that make the decisions. Investment firms compete on the basis of speed, capturing gains on a fraction of a penny, and perhaps holding positions for only a few seconds. These are not long-term investors. Content with their daily earnings, they close out all positions at the end of each day.
As negociações de alta frequência são as negociações eletrônicas baseadas em modelos matemáticos que tomam as decisões. As firmas de investimento competem na base da velocidade, captando ganhos de fração de centavo, e mantendo posições por talvez apenas uns poucos segundos. Não são investidoras de longo prazo. Satisfeitas com seus ganhos diários, liquidam todas as sua posições ao final de cada dia.
High-frequency trades now account for 70-80% of all equity trades. The result is major heartburn for traditional investors, who are leaving the equity market. They end up in Treasuries, because they are unsure of the solvency of banks who pay next to nothing for deposits, whereas 10-year Treasuries will pay about 2% nominal, which means, using the official Consumer Price Index, that they are losing 1% of their capital each year. Using John Williams’ (shadowstats.com) correct measure of inflation, they are losing far more. Still, the loss is about 2 percentage points less than being in a bank, and unlike banks, the Treasury can have the Federal Reserve print the money to pay off its bonds. Therefore, bond investment at least returns the nominal amount of the investment, even if its real value is much lower. (For a description of High-frequency trading, see Wikipedia, ‘High-frequency trading’)
A negociação de alta frequência hoje responde por 70-80% de todas as negociações com ações. O resultado é enorme azedume no estômago dos investidores tradicionais, que estão deixando o mercado de ações. Eles acabam nos títulos do Tesouro, porque inseguros quanto à solvência dos bancos que pagam quase nada por depósitos, enquanto títulos do Tesouro de 10 anos pagam juros nominais de cerca de 2% o que significa, usando-se o Índice de Preços ao Consumidor oficial, estarem perdendo 1% de seu capital por ano. Usando-se a mensuração correta da inflação de John Williams (shadowstats.com) eles estão perdendo muito mais. Ainda assim, a perda é de cerca de 2 pontos percentuais menos do que se estivessem num banco e, diferentemente dos bancos, o Tesouro pode fazer com que a Reserva Federal imprima o dinheiro para pagamento de seus títulos. Portanto, o investimento em títulos pelo menos dá retorno do montante nominal do investimento, mesmo sendo seu valor real muito menos. (Para descrição da negociação de alta frequência, ver Wikipedia, ‘High-frequency trading’)
The presstitute financial media tells us that flight from European sovereign debt, from the doomed euro, and from the continuing real estate disaster into US Treasuries provides funding for Washington’s $1.5 trillion annual deficits. Investors influenced by the financial press might be responding in this way. Another explanation for the stability of the Fed’s untenable policy is collusion between Washington, the Fed, and Wall Street. We will be looking at this as we progress.
A mídia financeira imprenstituta diz-nos que a revoada de abandono da dívida soberana europeia, do euro condenado e do contínuo desastre imobiliário em favor dos títulos do Tesouro dos Estados Unidos proporciona financiamento para os déficits anuais de Washington de 1,5 trilião de dólares. Investidores influenciados pela imprensa financeira poderão estar fazendo isso mesmo. Outra explicação para a estabilidade da política insustentável do Fed é conluio entre Washington, o Fed, e Wall Street. Examinaremos isso no decurso deste texto.
Unlike Japan, whose national debt is the largest of all, Americans do not own their own public debt. Much of US debt is owned abroad, especially by China, Japan, and OPEC, the oil exporting countries. This places the US economy in foreign hands. If China, for example, were to find itself unduly provoked by Washington, China could dump up to $2 trillion in US dollar-dominated assets on world markets. All sorts of prices would collapse, and the Fed would have to rapidly create the money to buy up the Chinese dumping of dollar-denominated financial instruments.
Diferentemente do Japão, cuja dívida nacional é a maior de todas, os estadunidenses não são donos de sua dívida pública. Grande parte da dívida dos Estados Unidos é de propriedade estrangeira, especialmente de China, Japão e OPEP, os países exportadores de petróleo. Isso coloca a economia dos Estados Unidos em mãos estrangeiras. Se a China, por exemplo, entender estar sendo indevidamente provocada por Washington, poderá despejar até $2 trilhões de ativos denominados em dólar dos Estados Unidos nos mercados mundiais. Todos os tipos de preços entrariam em colapso, e o Fed teria de criar rapidamente o dinheiro para comprar a totalidade da descarga chinesa de instrumentos financeiros denominados em dólar.
The dollars printed to purchase the dumped Chinese holdings of US dollar assets would expand the supply of dollars in currency markets and drive down the dollar exchange rate. The Fed, lacking foreign currencies with which to buy up the dollars would have to appeal for currency swaps to sovereign debt troubled Europe for euros, to Russia, surrounded by the US missile system, for rubles, to Japan, a country over its head in American commitment, for yen, in order to buy up the dollars with euros, rubles, and yen.
Os dólares impressos para comprar os instrumentos em dólar dos Estados Unidos despejados pelos chineses expandiriam o suprimento de dólares em mercados de moedas e derrubariam a taxa de câmbio do dólar. O Fed, sem possuir moedas estrangeiras com as quais comprar todo tal suprimento de dólares, teria de apelar para swaps de moedas da dívida soberana da problematizada Europa em busca de euros, para a Rússia cercada pelos sistema de mísseis dos Estados Undios em busca de rublos, para o Japão, país assoberbado de compromissos com os Estados Unidos, em busca de iens, para comprar todo o suprimento de dólares com euros, rublos e iens.
These currency swaps would be on the books, unredeemable and making additional use of such swaps problematical. In other words, even if the US government can pressure its allies and puppets to swap their harder currencies for a depreciating US currency, it would not be a repeatable process. The components of the American Empire don’t want to be in dollars any more than do the BRICS.
Esses swaps de moeda quedariam registrados, irresgatáveis, o que tornaria uso adicional desses swaps problemático. Em outras palavras, mesmo se o governo dos Estados unidos puder pressionar seus aliados e títeres para fazerem swap de suas moedas mais fortes por moeda dos Estados Unidos em depreciação, não seria processo passível de repetição. Os componentes do Império Estadunidense não querem estar posicionados em dólares, mais do que o querem os do  BRICS.
However, for China, for example, to dump its dollar holdings all at once would be costly as the value of the dollar-denominated assets would decline as they dumped them. Unless China is faced with US military attack and needs to defang the aggressor, China as a rational economic actor would prefer to slowly exit the US dollar. Neither do Japan, Europe, nor OPEC wish to destroy their own accumulated wealth from America’s trade deficits by dumping dollars, but the indications are that they all wish to exit their dollar holdings.
Não obstante, para a China, por exemplo, despejar seus papéis em dólares de uma vez só seria dispendioso, visto que o valor dos ativos denominados em dólar declinaria à medida que fossem sendo despejados. A menos que a China se veja defrontada com ataque militar dos Estados UNidos e precise debilitar o agressor, a China, como agente econômico racional, preferirá sair vagarosamente do dólar dos Estados Unidos. Nem Japão, Europa ou OPEP desejam destruir sua própria riqueza acumulada a partir dos déficits estadunidenses mediante despejo de dólares, mas as indicações são de eles todos desejarem sair de suas carteiras em dólar.
Unlike the US financial press, the foreigners who hold dollar assets look at the annual US budget and trade deficits, look at the sinking US economy, look at Wall Street’s uncovered gambling bets, look at the war plans of the delusional hegemon and conclude: “I’ve got to carefully get out of this.”
Diferentemente da imprensa financeira dos Estados Unidos, os estrangeiros detentores de ativos em dólar olham para o orçamento e os déficits comerciais anuais dos Estados Unidos, olham para o afundamento da economia dos Estados Unidos, olham para as apostas de Wall Street em jogos de azar sem cobertura, olham para os planos de guerra do hegêmona ensandecido e concluem: “Tenho de cuidadosamente sair disto.”
US banks also have a strong interest in preserving the status quo. They are holders of US Treasuries and potentially even larger holders. They can borrow from the Federal Reserve at zero interest rates and purchase 10-year Treasuries at 2%, thus earning a nominal profit of 2% to offset derivative losses. The banks can borrow dollars from the Fed for free and leverage them in derivative transactions. As Nomi Prins puts it, the US banks don’t want to trade against themselves and their free source of funding by selling their bond holdings. Moreover, in the event of foreign flight from dollars, the Fed could boost the foreign demand for dollars by requiring foreign banks that want to operate in the US to increase their reserve amounts, which are dollar based.
Os bancos dos Estados Unidos também têm forte interesse em preservar o statu quo. Eles são detentores de títulos do Tesouro dos Estados Unidos e potencialmente detentores ainda maiores. Podem tomar empréstimos da Reserva Federal a juro zero e comprar títulos do Tesouro de 10 anos a juros de 2%, ganhando assim lucro nominal de 2% para compensar perdas em derivativos. Os bancos podem tomar dólares emprestados do Fed de graça e alavancá-los em operações com derivativos. Como diz Nomi Prins, os bancos dos Estados Unidos não desejam negociar contra si próprios e contra sua fonte de financiamento grátis, vendendo suas carteiras de títulos. Ademais, na eventualidade de revoada estrangeira em relação ao dólar, o Fed poderia estimular a demanda estrangeira por dólares mediante exigir que bancos estrangeiros que desejem operar com os Estados Unidos aumentem seus montantes da reserva, que está baseada em dólares.
I could go on, but I believe this is enough to show that even actors in the process who could terminate it have themselves a big stake in not rocking the boat and prefer to quietly and slowly sneak out of dollars before the crisis hits. This is not possible indefinitely as the process of gradual withdrawal from the dollar would result in continuous small declines in dollar values that would end in a rush to exit, but Americans are not the only delusional people.
Eu poderia continuar, mas acredito ser o suficiente para mostrar que mesmo atores do processo que poderiam pôr fim a ele têm grande interesse em não alterar o atual estado de coisas, preferindo quieta e vagarosamente ir saindo dos dólares antes de a crise explodir. Não é possível fazer isso indefinidamente, visto que o processo de saída gradual do dólar resultaria em contínuos pequenos declínios do valor do dólar os quais desaguariam numa corrida para sair, mas os estadunidenses não são o único povo ensandecido.
The very process of slowly getting out can bring the American house down. The BRICS--Brazil, the largest economy in South America, Russia, the nuclear armed and energy independent economy on which Western Europe (Washington’s NATO puppets) are dependent for energy, India, nuclear armed and one of Asia’s two rising giants, China, nuclear armed, Washington’s largest creditor (except for the Fed), supplier of America’s manufactured and advanced technology products, and the new bogyman for the military-security complex’s next profitable cold war, and South Africa, the largest economy in Africa--are in the process of forming a new bank. The new bank will permit the five large economies to conduct their trade without use of the US dollar.
O próprio processo de sair vagarosamente pode derrubar a casa estadunidense. O BRICS--Brasil, a maior economia da América Latina, Rússia, a economia nuclearmente armada e independente em energia da qual a Europa Ocidental (os títeres de Washington da OTAN) depende para obter energia, Índia, nuclearmente armada e um dos gigantes asiáticos em ascensão, China, nuclearmente armada, maior credora de Washington (excetuado o Fed), fornecedora de produtos manufaturados e de tecnologia avançada para os Estados Unidos, novo bicho-papão a ser invocado para a próxima lucrativa guerra fria do complexo militar-de segurança, e a África do Sul, a maior economia da África -- estão no processo de formar um novo banco. O novo banco permitirá às cinco maiores economias conduzirem seu comércio sem uso do dólar dos Estados Unidos.
In addition, Japan, an American puppet state since WWII, is on the verge of entering into an agreement with China in which the Japanese yen and the Chinese yuan will be directly exchanged. The trade between the two Asian countries would be conducted in their own currencies without the use of the US dollar. This reduces the cost of foreign trade between the two countries, because it eliminates payments for foreign exchange commissions to convert from yen and yuan into dollars and back into yen and yuan.
Além disso o Japão, estado títere dos Estados Unidos desde a Segunda Guerra Mundial, está próximo de entrar em acordo com a China para que o ien japonês e o iuan chinês sejam cambiados livremente. O comércio entre os dois países asiáticos seria conduzido nas próprias moedas deles sem uso do dólar dos Estados Unidos. Isso reduziria o custo do comércio exterior entre aqueles dois países, pois eliminaria pagamento de comissões de câmbio estrangeiro para conversão de iens e iuans em dólares e de novo em iens e iuans.
Moreover, this official explanation for the new direct relationship avoiding the US dollar is simply diplomacy speaking. The Japanese are hoping, like the Chinese, to get out of the practice of accumulating ever more dollars by having to park their trade surpluses in US Treasuries. The Japanese US puppet government hopes that the Washington hegemon does not require the Japanese government to nix the deal with China.
Por outro lado, essa explicação oficial da nova relação direta evitando o dólar dos Estados Unidos é simplesmente palavreado diplomático. Os japoneses estão é na esperança, como os chineses, de abandonar a prática de acumular cada vez mais dólares tendo que manter seus excedentes comerciais em títulos do Tesouro dos Estados Unidos. O governo japonês títere dos Estados Unidos espera que o hegêmona Washington não exija que o governo japonês recuse o acordo com a China.
Now we have arrived at the nitty and gritty. The small percentage of Americans who are aware and informed are puzzled why the banksters have escaped with their financial crimes without prosecution. The answer might be that the banks “too big to fail” are adjuncts of Washington and the Federal Reserve in maintaining the stability of the dollar and Treasury bond markets in the face of an untenable Fed policy.
Chegamos agora ao fundo das coisas. O pequeno percentual de estadunidenses consciente e informado não consegue explicar como os bancgsteres escaparam de seus crimes financeiros sem processo. A resposta talvez seja a de que os bancos “grandes demais para falir” são instrumentos acessórios de Washington e da Reserva Federal na manutenção da estabilidade dos mercados de dólar e de títulos do Tesouro a despeito da política insustentável do Fed.
Let us first look at how the big banks can keep the interest rates on Treasuries low, below the rate of inflation, despite the constant increase in US debt as a percent of GDP--thus preserving the Treasury’s ability to service the debt.
Vejamos primeiro como os grandes bancos conseguem manter as taxas de juros dos títulos do Tesouro baixas, abaixo da taxa de inflação, a despeito do constante aumento da dívida dos Estados Unidos como percentual do PIB -- preservando assim a capacidade do Tesouro de pagar o serviço da dívida.
The imperiled banks too big to fail have a huge stake in low interest rates and the success of the Fed’s policy. The big banks are positioned to make the Fed’s policy a success. JPMorgan Chase and other giant-sized banks can drive down Treasury interest rates and, thereby, drive up the prices of bonds, producing a rally, by selling Interest Rate Swaps (IRSwaps).
Os balouçantes bancos grandes demais para falir têm enorme interesse em taxas de juros baixas e no sucesso da política do Fed. Os grandes bancos estão a fim de tornar a política do Fed um sucesso. JPMorgan Chase e outros bancos de porte gigantesco podem puxar para baixo as taxas de juros dos títulos do Tesouro e, com isso, empurrar para cima os preços dos títulos, produzindo alta após declínio por meio da venda de Swaps de Taxas de Juros (IRSwaps).
A financial company that sells IRSwaps is selling an agreement to pay floating interest rates for fixed interest rates. The buyer is purchasing an agreement that requires him to pay a fixed rate of interest in exchange for receiving a floating rate.
Uma empresa financeira que venda IRSwaps está vendendo um acordo segundo o qual pagará taxa de juros flutuante em troca de pagamento de taxa de juros fixa. O comprador está comprando um acordo segundo o qual pagará taxa de juros fixa em troca de receber taxa flutuante.
The reason for a seller to take the short side of the IRSwap, that is, to pay a floating rate for a fixed rate, is his belief that rates are going to fall. Short-selling can make the rates fall, and thus drive up the prices of Treasuries. When this happens, as these charts illustrate, there is a rally in the Treasury bond market that the presstitute financial media attributes to “flight to the safe haven of the US dollar and Treasury bonds.” In fact, the circumstantial evidence (see the charts in the link above) is that the swaps are sold by Wall Street whenever the Federal Reserve needs to prevent a rise in interest rates in order to protect its otherwise untenable policy. The swap sales create the impression of a flight to the dollar, but no actual flight occurs. As the IRSwaps require no exchange of any principal or real asset, and are only a bet on interest rate movements, there is no limit to the volume of IRSwaps.
O motivo para o vendedor assumir o lado a descoberto do IRSwap, isto é, para pagar uma taxa de juros flutuante enquanto recebe uma taxa fixa, é a crença dele em que as taxas cairão. A venda a descoberto pode fazer as taxas caírem, empurrando assim para cima os preços dos Títulos do Tesouro. Quando isso acontece, como estes gráficos ilustram, há uma alta após declínio no mercado de títulos do Tesouro que a mídia financeira imprenstituta atribui a “revoada para o porto seguro do dólar e dos títulos do Tesouro dos Estados Unidos.” Na verdade, a evidência circunstancial (ver os gráficos no link acima) é que os swaps são vendidos por Wall Street sempre que a Reserva Federal precisa impedir aumento das taxas de juros a fim de proteger sua de outra maneira insustentável política. As vendas de swap criam a impressão de corrida para o dólar, mas não ocorre nenhuma corrida real. Como os IRSwaps não requerem qualquer troca de qualquer ativo principal ou real, e são apenas uma aposta nos movimentos de taxas de juros, não há limite para o volume de IRSwaps.
This apparent collusion suggests to some observers that the reason the Wall Street banksters have not been prosecuted for their crimes is that they are an essential part of the Federal Reserve’s policy to preserve the US dollar as world currency. Possibly the collusion between the Federal Reserve and the banks is organized, but it doesn’t have to be. The banks are beneficiaries of the Fed’s zero interest rate policy. It is in the banks’ interest to support it. Organized collusion is not required.
Esse aparente conluio sugere a alguns observadores que o motivo pelo qual os bancgsteres de Wall Street não foram processados por seus crimes é eles serem parte essencial da política da Reserva Federal para preservar o dólar dos Estados Unidos como moeda internacional. Possivelmente o conluio entre a Reserva Federal e os bancos é organizada, mas não tem de sê-lo. Os bancos são beneficiários da política de juro zero do Fed. É do interesse dos bancos darem suporte a ela. Conluio organizado não é imprescindível.
Let us now turn to gold and silver bullion. Based on sound analysis, Gerald Celente and other gifted seers predicted that the price of gold would be $2000 per ounce by the end of last year. Gold and silver bullion continued during 2011 their ten-year rise, but in 2012 the price of gold and silver have been knocked down, with gold being $350 per ounce off its $1900 high.
Voltemo-nos agora para ouro e prata em barra. Com base em sólida análise, Gerald Celente e outros videntes talentosos previram que o preço do ouro seria de $2.000 dólares por onça ao final do ano passado. As barras de ouro e prata continuaram sua ascensão então de dez anos em 2011 mas, em 2012, o preço do ouro e da prata foram derrubados, com o ouro caindo para $350 dólares por onça em comparação com seu ponto mais alto de $1900 dólares.
In view of the analysis that I have presented, what is the explanation for the reversal in bullion prices? The answer again is shorting. Some knowledgeable people within the financial sector believe that the Federal Reserve (and perhaps also the European Central Bank) places short sales of bullion through the investment banks, guaranteeing any losses by pushing a key on the computer keyboard, as central banks can create money out of thin air.
Com base na análise que venho de apresentar, qual é a explicação para a reversão dos preços das barras? A resposta, de novo, é a venda a descoberto. Algumas pessoas bem-informadas do setor financeiro acreditam que a Reserva Federal (e talvez também o Banco Central Europeu) efetua venda a descoberto de barras por meio dos bancos de investimento, dando garantia para quaisquer prejuízos mediante o acionamento de uma tecla no teclado do computador, visto que os bancos centrais podem criar dinheiro a partir do nada.
Insiders inform me that as a tiny percent of those on the buy side of short sells actually want to take delivery on the gold or silver bullion, and are content with the financial money settlement, there is no limit to short selling of gold and silver. Short selling can actually exceed the known quantity of gold and silver.
Pessoas que sabem das coisas informam-me de que como só ínfimo percentual das pessoas situadas no lado comprador das vendas a descoberto deseja de fato receber a barra fisica de ouro ou prata, satisfazendo-se, a maioria, com o acordo de dinheiro financeiro, não há limite para a venda a descoberto de ouro e prata. A venda a descoberto pode, na verdade, exceder a quantidade conhecida de ouro e prata.
Some who have been watching the process for years believe that government-directed short-selling has been going on for a long time. Even without government participation, banks can control the volume of paper trading in gold and profit on the swings that they create. Recently short selling is so aggressive that it not merely slows the rise in bullion prices but drives the price down. Is this aggressiveness a sign that the rigged system is on the verge of becoming unglued?
Algumas pessoas que vêm observado o processo por anos acreditam que a venda a descoberto dirigida pelo governo vem acontecendo há muito tempo. Mesmo sem participação do governo, os bancos podem controlar o volume de negociações de papéis em ouro e lucrar com as oscilações que elas criam. Recentemente a venda a descoberto tornou-se tão agressiva que não apenas torna mais lenta a ascensão dos preços das barras como também derruba o preço. Será essa agressividade sinal de que o sistema de cartas marcadas está à beira de desestruturar-se?
In other words, “our government,” which allegedly represents us, rather than the powerful private interests who elect “our government” with their multi-million dollar campaign contributions, now legitimized by the Republican Supreme Court, is doing its best to deprive us mere citizens, slaves, indentured servants, and “domestic extremists” from protecting ourselves and our remaining wealth from the currency debauchery policy of the Federal Reserve. Naked short selling prevents the rising demand for physical bullion from raising bullion’s price.
Em outras palavras, “nosso governo,” que alegadamente representa-nos, em vez de representar os poderosos interesses privados que elegem “nosso governo” com suas contribuições de campanha de multimilhões de dólares, agora legitimadas pelo Supremo Tribunal Republicano, está fazendo o melhor que pode para impedir que nós, meros cidadãos, escravos e “extremistas domésticos,” possamos proteger-nos, e a nosso patrimônio restante, da política de devassidão da moeda da Reserva Federal. A venda nua a descoberto impede que o aumento da demanda pela barra física redunde em aumento do preço da barra.
Jeff Nielson explains another way that banks can sell bullion shorts when they own no bullion. (See, http://www.gold-eagle.com/editorials_08/nielson102411.html) Nielson says that JP Morgan is the custodian for the largest long silver fund while being the largest short-seller of silver. Whenever the silver fund adds to its bullion holdings, JP Morgan shorts an equal amount. The short selling offsets the rise in price that would result from the increase in demand for physical silver. Nielson also reports that bullion prices can be suppressed by raising margin requirements on those who purchase bullion with leverage. The conclusion is that bullion markets can be manipulated just as can the Treasury bond market and interest rates.
Jeff Nielson explica outra maneira pela qual os bancos podem vender barras a descoberto sem possuir nenhuma barra. (Ver http://www.gold-eagle.com/editorials_08/nielson102411.html) Nielson diz que o JP Morgan é o custodiante do maior fundo não a descoberto de prata e é, ao mesmo tempo, o maior vendedor a descoberto de prata. Quando aumentam as barras no fundo da prata, o JP Morgan vende a descoberto quantia igual. A venda a descoberto compensa o aumento de preço que resultaria do aumento de demanda pela prata física. Nielson relata também que os preços das barras podem ser reprimidos mediante elevação das exigências de margem daqueles que compram barras com alavancagem. A conclusão é a de que os mercados de barras podem ser manipulados da mesma forma que podem sê-lo o mercado de títulos do Tesouro e as taxas de juros.
How long can the manipulations continue? When will the proverbial hit the fan?
Por quanto tempo poderão continuar as manipulações? Quanto ocorrerá o proverbial espalhamento pelo ventilador?
If we knew precisely the date, we would be the next mega-billionaires.
Se conhecêssemos a data com precisão, seríamos os próximos megabilionários.
Here are some of the catalysts waiting to ignite the conflagration that burns up the Treasury bond market and the US dollar:
Eis aqui alguns dos catalisadores à espreita para deflagrarem a conflagração que incendiará o mercado de títulos de Tesouro e o dólar dos Estados Unidos:
A war, demanded by the Israeli government, with Iran, beginning with Syria, that disrupts the oil flow and thereby the stability of the Western economies or brings the US and its weak NATO puppets into armed conflict with Russia and China. The oil spikes would degrade further the US and EU economies, but Wall Street would make money on the trades.
Guerra, demandada pelo governo israelense, com o Irã, começando com a Síria, que desorganize o fluxo de petróleo e pois a estabilidade das economias ocidentais ou leve os Estados Unidos e seus títeres fracos da OTAN a conflito armado com Rússia e China. As altas do petróleo degradariam ainda mais as economias dos Estados Unidos e da União Europeia, mas Wall Street faria dinheiro com as transações.
An unfavorable economic statistic that wakes up investors as to the true state of the US economy, a statistic that the presstitute media cannot deflect.
Estatística econômica desfavorável que abra os olhos dos investidores para o verdadeiro estado da economia dos Estados Unidos, estatística que a mídia imprenstituta não consiga distorcer.
An affront to China, whose government decides that knocking the US down a few pegs into third world status is worth a trillion dollars.
Afronta à China, com o governo daquele país decidindo que forçar os Estados Unidos a descerem alguns degraus rumo à condição de país de terceiro mundo valeria um trilião de dólares.
More derivate mistakes, such as JPMorgan Chase’s recent one, that send the US financial system again reeling and reminds us that nothing has changed.
Mais equívocos com derivativos, tais como o recente do JP Morgen, que faça balançar de novo o sistema financeiro dos Estados Unidos e nos lembre de que nada mudou.
The list is long. There is a limit to how many stupid mistakes and corrupt financial policies the rest of the world is willing to accept from the US. When that limit is reached, it is all over for “the world’s sole superpower” and for holders of dollar-denominated instruments.
A lista é longa. Há um limite para quantos equívocos estúpidos e políticas financeiras corruptas o resto do mundo está disposto a aceitar dos Estados Unidos. Quando esse limite for atingido, tudo estará acabado para “única superpotência do mundo” e para detentores de instrumentos denominados em dólar.
Financial deregulation converted the financial system, which formerly served businesses and consumers, into a gambling casino where bets are not covered. These uncovered bets, together with the Fed’s zero interest rate policy, have exposed Americans’ living standard and wealth to large declines. Retired people living on their savings and investments, IRAs and 401(k)s can earn nothing on their money and are forced to consume their capital, thereby depriving heirs of inheritance. Accumulated wealth is consumed.
A desregulamentação financeira converteu o sistema financeiro, que antes servia a empresas e a consumidores, num cassino de jogos de azar onde as apostas não têm cobertura. Essas apostas sem cobertura, juntamente com a política de juro zero do Fed, tornaram os estadunidenses expostos a grande declínio do padrão de vida e do patrimônio. Aposentados vivendo de suas economias e investimentos, IRAs e 401(k)s não conseguem rendimento nenhum de seu dinheiro e são forçados a consumir seu capital, privando assim seus herdeiros de herança. O patrimônio acumulado é consumido.
As a result of jobs offshoring, the US has become an import-dependent country, dependent on foreign made manufactured goods, clothing, and shoes. When the dollar exchange rate falls, domestic US prices will rise, and US real consumption will take a big hit. Americans will consume less, and their standard of living will fall dramatically.
Como resultado da externalização de empregos, os Estados Unidos tornaram-se país dependente de importações, dependente de bens manufaturados, roupas e sapatos feitos no exterior. Quando a taxa de câmbio do dólar cai, os preços domésticos dos Estados Unidos sobem, e o consumo real dos Estados Unidos leva grande golpe. Os estadunidenses consomem menos, e seu padrão de vida cai dramaticamente.
The serious consequences of the enormous mistakes made in Washington, on Wall Street, and in corporate offices are being held at bay by an untenable policy of low interest rates and a corrupt financial press, while debt rapidly builds. The Fed has been through this experience once before. During WW II the Federal Reserve kept interest rates low in order to aid the Treasury’s war finance by minimizing the interest burden of the war debt. The Fed kept the interest rates low by buying the debt issues. The postwar inflation that resulted led to the Federal Reserve-Treasury Accord in 1951, in which agreement was reached that the Federal Reserve would cease monetizing the debt and permit interest rates to rise.
As sérias consequências dos enormes equívocos cometidos em Washington, em Wall Street, e em escritórios corporativos estão sendo mantidas à distância por uma política insustentável de taxas de juros baixas e de uma imprensa financeira corrupta, enquanto a dívida rapidamente aumenta. O Fed já passou por essa experiência antes. Durante a Segunda Guerra Mundial a Reserva Federal manteve as taxas de juros baixas para ajudar a finança de guerra do Tesouro, minimizando o ônus dos juros sobre a dívida de guerra. O Fed manteve baixas as taxas de juros mediante comprar as emissões da dívida. A inflação pós-guerra que daí resultou levou ao Acordo Reserva Federal - Tesouro de 1951, ficando acordado que a Reserva Federal cessaria de monetizar a dívida e permitiria às taxas de juros subir.
Fed chairman Bernanke has spoken of an “exit strategy” and said that when inflation threatens, he can prevent the inflation by taking the money back out of the banking system. However, he can do that only by selling Treasury bonds, which means interest rates would rise. A rise in interest rates would threaten the derivative structure, cause bond losses, and raise the cost of both private and public debt service. In other words, to prevent inflation from debt monetization would bring on more immediate problems than inflation. Rather than collapse the system, wouldn’t the Fed be more likely to inflate away the massive debts?
O chairman Bernanke, do Fed, tem falado de uma “estratégia de saída” e tem dito que quando a inflação ameaça, ele pode impedir a inflação mediante tirar o dinheiro do sistema bancário. Entretanto, ele só pode fazer isto mediante a venda de títulos do Tesouro, o que significa que as taxas de juros subiriam. Aumento das taxas de juros ameaçaria a estrutura de derivativos, provocaria prejuízos de títulos, e elevaria o custo do serviço da dívida tanto pública quanto privada. Em outras palavras, impedir a inflação a partir da monetização da dívida traria mais problemas imediatos do que a inflação. Em vez de provocar o colapso do sistema, não seria mais provável o Fed inflar ainda mais as dívidas maciças?
Eventually, inflation would erode the dollar’s purchasing power and use as the reserve currency, and the US government’s credit worthiness would waste away. However, the Fed, the politicians, and the financial gangsters would prefer a crisis later rather than sooner. Passing the sinking ship on to the next watch is preferable to going down with the ship oneself. As long as interest rate swaps can be used to boost Treasury bond prices, and as long as naked shorts of bullion can be used to keep silver and gold from rising in price, the false image of the US as a safe haven for investors can be perpetrated.
No final, a inflação erodiria o poder de compra do dólar e o uso dele como moeda de reserva, e a credibilidade de crédito do governo dos Estados Unidos se esfumaria. Entretanto, o Fed, os políticos e os gângsteres financeiros preferirão uma crise antes mais tarde do que mais cedo. Passar o navio que naufraga para o próximo turno é preferível a naufragar junto com o navio. Enquanto os swaps de taxas de juros puderem ser usados para impulsionar os preços dos títulos do Tesouro, enquanto operações a descoberto sem garantia de barras puderem ser usadas para impedir aumento do preço de ouro e prata, a falsa imagem dos Estados Unidos como porto seguro para investidores poderá ser perpetrada.
However, the $230,000,000,000,000 in derivative bets by US banks might bring its own surprises. JPMorgan Chase has had to admit that its recently announced derivative loss of $2 billion is more than that. How much more remains to be seen. According to the Comptroller of the Currency http://www.occ.treas.gov/topics/capital-markets/financial-markets/trading/derivatives/dq411.pdf the five largest banks hold 95.7% of all derivatives. The five banks holding $226 trillion in derivative bets are highly leveraged gamblers. For example, JPMorgan Chase has total assets of $1.8 trillion but holds $70 trillion in derivative bets, a ratio of $39 in derivative bets for every dollar of assets. Such a bank doesn’t have to lose very many bets before it is busted.
Entretanto, os $230.000.000.000.000 de dólares em apostas em derivativos por bancos dos Estados Unidos poderá aportar suas próprias surpresas. O JPMorgan Chase teve de admitir que seu recentemente anunciado prejuízo em derivativos de $2 biliões é superior a essa quantia. Quanto mais, ainda está por ser visto. De acordo com o Controlador da Moeda http://www.occ.treas.gov/topics/capital-markets/financial-markets/trading/derivatives/dq411.pdf os cinco maiores bancos detêm 95,7% de todos os derivativos. Os cinco bancos que detêm $226 triliões em apostas de derivativos são jogadores de azar altamente alavancados. Por exemplo, o JPMorgan Chase tem ativos totais de $1,8 trilião mas detém $70 triliões em apostas de derivativos, uma proporção de $39 dólares em apostas de derivativos para cada dólar de ativo. Tal banco não terá de perder muitas apostas antes de falir.
Assets, of course, are not risk-based capital. According to the Comptroller of the Currency report, as of December 31, 2011, JPMorgan Chase held $70.2 trillion in derivatives and only $136 billion in risk-based capital. In other words, the bank’s derivative bets are 516 times larger than the capital that covers the bets.
Os ativos, naturalmente, não são capital mínimo garantidor. De acordo com o relatório do Controlador da Moeda de 31 de dezembro de 2011, o JPMorgan Chase tinha $70,2 triliões de dólares em derivativos e apenas $136 biliões em capital mínimo garantidor. Em outras palavras, as apostas de derivativos do banco são 516 vezes maiores que que o capital que cobre as apostas.
It is difficult to imagine a more reckless and unstable position for a bank to place itself in, but Goldman Sachs takes the cake. That bank’s $44 trillion in derivative bets is covered by only $19 billion in risk-based capital, resulting in bets 2,295 times larger than the capital that covers them.
É difícil imaginar posição mais inconsequente e instável para um banco se colocar, mas Goldman Sachs ganha o grande prêmio. As apostas desse banco de $44 triliões em derivativos estão cobertas por apenas $19 biliões em capital mínimo garantidor, resultando em apostas 2.295 vezes maiores do que o capital que lhes dá cobertura.
Bets on interest rates comprise 81% of all derivatives. These are the derivatives that support high US Treasury bond prices despite massive increases in US debt and its monetization.
Apostas em taxas de juros compõem 81% de todos os derivativos. Esses são os derivativos que dão suporte aos altos preços dos títulos do Tesouro a despeito de maciças elevações da dívida dos Estados Unidos e de sua monetização.
US banks’ derivative bets of $230 trillion, concentrated in five banks, are 15.3 times larger than the US GDP. A failed political system that allows unregulated banks to place uncovered bets 15 times larger than the US economy is a system that is headed for catastrophic failure. As the word spreads of the fantastic lack of judgment in the American political and financial systems, the catastrophe in waiting will become a reality.
As apostas de derivativos dos bancos dos Estados Unidos de $230 triliões de dólares, concentradas em cinco bancos, são 15,3 maiores do que o PIB dos Estados Unidos. Um sistema político falido que permite a bancos não regulamentados efetuar apostas sem cobertura 15 vezes maiores do que a economia dos Estados Unidos é um sistema condenado a catastrófico fracasso. À medida que for sendo conhecida a fantástica falta de critério dos sistemas político e financeiro estadunidenses, a catástrofe à espreita se tornará realidade.
Everyone wants a solution, so I will provide one. The US government should simply cancel the $230 trillion in derivative bets, declaring them null and void. As no real assets are involved, merely gambling on notional values, the only major effect of closing out or netting all the swaps (mostly over-the-counter contracts between counter-parties) would be to take $230 trillion of leveraged risk out of the financial system. The financial gangsters who want to continue enjoying betting gains while the public underwrites their losses would scream and yell about the sanctity of contracts. However, a government that can murder its own citizens or throw them into dungeons without due process can abolish all the contracts it wants in the name of national security. And most certainly, unlike the war on terror, purging the financial system of the gambling derivatives would vastly improve national security.
Todo mundo quer uma solução e, pois, oferecerei uma. O governo dos Estados Unidos deveria simplesmente cancelar os $230 triliões em apostas de derivativos, declarando-as nulas e sem efeito. Como nenhum ativo real está envolvido, e sim apenas apostas em valores nocionais, o único efeito de maior consequência de liquidar ou saldar todos os swaps (em sua maioria contratos de balcão entre duas partes) seria remover do sistema financeiro $230 triliões de risco alavancado. Os gângsteres financeiros que desejam continuar a fruir de ganhos de apostas enquanto o público banca seus prejuízos gritarão e berrarão acerca da sacralidade dos contratos. Entretanto, um governo que pode assassinar seus próprios cidadãos ou lançá-los em calabouços sem o processo legal devido pode também extinguir todos os contratos que deseje em nome da segurança nacional. E, muito certamente, diferentemente da guerra ao terror, purgar o sistema financeiro dos derivativos de azar melhorará vastamente a segurança nacional.
Paul Craig Roberts was Assistant Secretary of the Treasury for Economic Policy and associate editor of the Wall Street Journal. He was columnist for Business Week, Scripps Howard News Service, and Creators Syndicate. He has had many university appointments. His internet columns have attracted a worldwide following. www.paulcraigroberts.org
Paul Craig Roberts foi Secretário Assistente do Tesouro para Política Econômica e editor do Wall Street Journal. Foi colunista de Business Week, Scripps Howard News Service, e Creators Syndicate. Desempenhou vários cargos universitários. Suas colunas na internet têm atraído admiradores do mundo inteiro. www.paulcraigroberts.org

No comments:

Post a Comment