Saturday, June 11, 2011

The Anti-Empire Report - God Bless America. And its Bombs.

http://killinghope.org/bblum6/aer94.html http://killinghope.org/bblum6/aer94.html
English Português

The Anti-Empire Report

June 2nd, 2011
by William Blum
www.killinghope.org

O Relatório Anti-Império

2 de junho de 2011
por William Blum
www.killinghope.org
God Bless America. And its Bombs.
Deus Abençoe os Estados Unidos. E suas Bombas.
When they bombed Korea, Vietnam, Laos, Cambodia, El Salvador and Nicaragua I said nothing because I wasn't a communist. Quando eles bombardearam Coreia, Vietnã, Camboja, El Salvador e Nicarágua eu nada disse, porque não era comunista.
When they bombed China, Guatemala, Indonesia, Cuba, and the Congo I said nothing because I didn't know about it. Quando bombardearam China, Guatemala, Indonésia, Cuba e Congo eu nada disse, porque não fiquei sabendo.
When they bombed Lebanon and Grenada I said nothing because I didn't understand it. Quando bombardearam Líbano e Grenada eu nada disse, porque não entendi.
When they bombed Panama I said nothing because I wasn't a drug dealer. Quando bombardearam o Panamá eu nada disse, porque não era traficante de drogas.
When they bombed Iraq, Afghanistan, Pakistan, Somalia, and Yemen I said nothing because I wasn't a terrorist. Quando bombardearam Iraque, Afeganistão, Paquistão, Somália e Iêmen eu nada disse, porque não era terrorista.
When they bombed Yugoslavia and Libya for "humanitarian" reasons I said nothing because it sounded so honorable. Quando bombardearam a Iugoslávia e a Líbia por razões "humanitárias" eu nada disse, porque a coisa me soou tão respeitável.
Then they bombed my house and there was no one left to speak out for me. But it didn't really matter. I was dead. 1 Então eles bombardearam minha casa e não houve ninguém para falar em meu favor. O que, em realidade, não fez nenhuma diferença. Eu estava morto. 1
The Targets Os Alvos
It's become a commonplace to accuse the United States of choosing as its bombing targets only people of color, those of the Third World, or Muslims. But it must be remembered that one of the most sustained and ferocious American bombing campaigns of modern times — 78 consecutive days — was carried out against the people of the former Yugoslavia: white, European, Christians. The United States is an equal-opportunity bomber. The only qualifications for a country to become a target are: (A) It poses an obstacle — could be anything — to the desires of the American Empire; B) It does not possess nuclear weapons; (C) It is virtually defenseless against aerial attack. Já se tornou costumeiro acusar os Estados Unidos de escolherem como alvo de seus bombardeios apenas pessoas de cor, do Terceiro Mundo, ou muçulmanas. Deve-se lembrar, porém, de que uma das mais prolongadas e ferozes campanhas de bombardeio dos Estados Unidos — 78 dias consecutivos — foi levada a efeito contra o povo da antiga Iugoslávia: pessoas brancas, europeias, cristãs. Perante os Estados Unidos todos são iguais em termos de oportunidade de ser bombardeado. As únicas qualificações para qualquer país tornar-se alvo são: (A) Colocar algum obstáculo — pode ser qualquer coisa — aos desejos do Império Estadunidense; B) Não ter armas nucleares; (C) Ser praticamente indefeso em relação a ataque aéreo.
The survivors Os sobreviventes
"We never see the smoke and the fire, we never smell the blood, we never see the terror in the eyes of the children, whose nightmares will now feature screaming missiles from unseen terrorists, known only as Americans." 2 "Nunca vemos a fumaça e o fogo, nunca sentimos o cheiro do sangue, nunca vemos o terror nos olhos das crianças cujos pesadelos doravante estarão eivados de mísseis de terroristas invisíveis, conhecidos apenas como estadunidenses." 2
NASA has announced an audacious new mission, launching a spaceship that will travel for four years to land on an asteroid, where it will collect dust from the surface and deliver the precious cargo to Earth, where scientists will then examine the material for clues to how life began. Truly the stuff of science fiction. However, I personally would regard it as a much greater accomplishment of humankind if we could put an end to America's bombings and all its wars, and teach some humility to The Holy Triumvirate — The United States, the European Union and NATO — who recognize no higher power and believe they literally can do whatever they want in the world, to whomever they want, for as long as they want, and call it whatever they want, like "humanitarian." A NASA vem de anunciar uma audaciosa nova missão, lançando uma nave espacial que viajará por quatro anos para aterrissar num asteroide, onde coletará poeira da superfície e trará a preciosa carga para a Terra, onde, em seguida, cientistas examinarão o material para efeito de revelações acerca de como a vida começou. Verdadeiramente coisa de ficção científica. Pessoalmente, contudo, eu veria como realização muito maior da humanidade podermos pôr fim aos bombardeios dos Estados Unidos e a todas as guerras do país, e ensinarmos alguma humildade ao Santo Triunvirato — Os Estados Unidos, a União Europeia e a OTAN — que não reconhece poder mais alto e acredita poder literalmente fazer o que desejar no mundo, pelo tempo que desejar, e chamar o que faça pelo nome que quiser, tal como "humanitário."
The fall of the American Empire would offer a new beginning for the long-suffering American people and the long-suffering world. A queda do Império Estadunidense ofereceria um novo começo para o de há muit sofredor povo estadunidense e para o de há muito sofredor mundo.
otes Notas
1. Full list of US bombings since World War 2 1. Lista completa dos bombardeios dos Estados Unidos desde a Segunda Guerra Mundial
2. Martin Kelly, publisher of a nonviolence website 2. Martin Kelly, publicador de um website de não violência
1. killinghope.org/bblum6/panam.htm 1. killinghope.org/bblum6/panam.htm
http://www.foreignpolicyjournal.com/writers/
William Blum left the State Department in 1967, abandoning his aspiration of becoming a Foreign Service Officer, because of his opposition to what the United States was doing in Vietnam. He then became one of the founders and editors of the Washington Free Press Mr.  Blum has been a freelance journalist in the United States, Europe, and South America and was one of the recipients   of Project Censored’s awards for “exemplary journalism” in 1999. He is the author of numerous books, including: 
Freeing the World to Death: essays on the American EmpireKilling Hope: U.S. Military and C.I.A. Interventions Since World War II, and Rogue State: A Guide to the World’s Only Superpower. Mr. Blum writes a free monthly newsletter, the Anti-Empire Report, which you may subscribe to by contacting him at via e-mail. Visit his website at: www.killinghope.org. Contact him at: bblum@aol.com. Read articles by William Blum.
http://www.foreignpolicyjournal.com/writers/
William Blum deixou o Departamento de Estado em 1967, abandonando sua aspiração   de tornar-se Autoridade de Serviço Exterior por causa de sua oposição ao que os Estados Unidos estavam fazendo no Vietnã. Tornou-se então um dos fundadores e editores do Imprensa Livre de Washington. O Sr. Blum atuado como jornalista autônomo em Estados Unidos, Europa e América do Sul e foi um dos recebedores dos prêmios de Projetos Censurados de “jornalismo exemplar” em 1999. É autor de numerosos livros, incluindo: A Libertação do Mundo para a Morte: ensaios acerca do Império EstadunidenseAssassínio da Esperança: Intervenções da Instituição Militar dos Estados Unidos e da C.I.A. desde a Segunda Guerra Mundial, e Estado Sem Escrúpulos: Guia Referente à Única Superpotência do Mundo. O Sr. Blum escreve um boletim mensal grátis, o Relatório Anti-Império, que você pode subscrever entrando em contato com ele via email. Visite o website dele em: www.killinghope.org. Entre em contato com ele via: bblum@aol.com. Leia artigos de William Blum
William Blum is the author of: William Blum é autor de:
- Killing Hope: US Military and CIA Interventions Since World War 2 - A Morte da Esperança: A Instituição Militar dos Estados Unidos e as Intervenções da CIA Desde a Segunda Guerra Mundial
- Rogue State: A Guide to the World's Only Superpower - Estado Sem Escrúpulos: Guia Para a Única Superpotência do Mundo
- West-Bloc Dissident: A Cold War Memoir - Dissidente do Bloco Ocidental: Uma Memória da Guerra Fria
Freeing the World to Death: Essays on the American Empire - Libertação do Mundo para a Morte: Ensaios Acerca do Império Estadunidense
Portions of the books can be read, and signed copies purchased, at www.killinghope.org Porções dos livros podem ser lidas, e comprados exemplares assinados, em www.killinghope.org
To add yourself to this mailing list simply send an email to bblum6 [at] aol.com with "add" in the subject line. I'd like your name and city in the message, but that's optional. I ask for your city only in case I'll be speaking in your area. Para entrar nesta lista de destinatários simplesmente mande email pra bblum6 [at] aol.com com "add" na linha de assunto. Gostaria de seu nome e cidade na mensagem, mas isso é opcional. Peço sua cidade apenas caso esteja fazendo palestras em sua área.
(Or put "remove" in the subject line to do the opposite.) (Ou escreva "remove" na linha de assunto para fazer o contrário.)
Any part of this report may be disseminated without permission. I'd appreciate it if the website were mentioned. Qualquer parte deste relatório pode ser disseminada sem permissão. Ficarei agradecido se o website for mencionado.
Home Home


No comments:

Post a Comment